Homepage
Spiritus Site
Início A Fundação Contactos Mapa do Site
Introdução
Meditação
Orações
Agenda
Notícias
Loja
Directório
Pesquisa
Marco Histórico §
Guia de Sânscrito
NEW: English Texts
Religião e Filosofia
Saúde
Literatura Espiritual
Meditação
Arte
Vários temas
Mosteiro Budista
O espaço Orações tem a finalidade de congregar invocações místicas de todos os quadrantes religiosos, onde no silêncio do coração realizamos, que nem o idioma, nem o espaço geográfico, nem a raça são barreiras à união espiritual dos povos, pois no apelo ao Divino a atitude interior dos seres manifesta-se necessariamente Universal.

pág. 1 de 1
Máximas universais

de Maria Ferreira da Silva

em 10 Out 2014

  Todas estas virtudes enunciadas no caminho para a Sabedoria são requeridas em todas as religiões e filosofias, quer do Ocidente, quer do Oriente mostrando a sua essência universal. É da prática consciente das virtudes que resulta o desenvolvimento de qualidades que levam ao respeito pelo próximo e à Sabedoria; Compaixão, Caridade, Misericórdia, Justiça, Alegria e Obediência são algumas dessas virtudes ou qualidades requeridas para a vivência harmoniosa com o próximo e, exigem uma prévia auto-realização das três graças fundamentais: Paciência, Sacrifício e Pureza.

Ira, é uma tempestade no coração que apressadamente se dirige em direcção a outro. Ela oculta a luz e o bom entendimento.

A Avareza sempre deseja e cobiça o que não deve cobiçar e nascem assim muitos males como usura, ladroagem, traição, engano em todas as obras e palavras. É um atentado à misericórdia e provoca cegueira no coração.

A Luxúria manda que os homens desejem desmedidamente e dela nascem a cegueira e trevas no entendimento, fraqueza, perturbação, amor a si mesmo, não pensar no bem, afastamento de Deus e desespero no coração. A luxúria suja a Alma e destrói o corpo.

A Hipocrisia é a mãe (§) de todos os pecados e a madrasta das virtudes. É um tear de maldades, de vã glória e aparência de bondade. A enganosa hipocrisia mostra o homem como ele não é. O ajuntar das obras do hipócrita é um maná que não dará fruto.

A Fortaleza mostra-se no sofrer dos desgostos e causas desajustadas que os homens fazem. É a virtude pela qual os homens param perante as coisas contrárias. Fortaleza é saber acolher os perigos e firmemente sofrer os trabalhos. Grande é aquele que recebe o dano, e retribui com o perdão.

Justiça: há alguns pecados, que se assemelham aparentemente com virtudes e fazem crueldades, visto os homens confundirem virtudes e pecados. A ambição torna o homem dissoluto e sem temor, fazendo coisas que não deve, e confundindo amor com querer próprio.

A Paciência é a virtude que capacita os homens a sofrer danos e desonras e todas as coisas contrárias. O verdadeiro paciente é aquele que quebrantado e provado por coisas contrárias não se encontra perdido na fé. Concórdia e harmonia nunca se podem achar sem a paciência. Quanto maior a fé em Deus mais fortemente se recebe o Seu Amor. Quem não guarda paciência não ouvirá a sua Alma. Portanto aguarda para que não pereças por míngua de paciência, e se sofreres as coisas por amor receberás muitos frutos.

Devoção, pode ter amplos objectivos, pode ser a Deus, a virtudes, à salvação, à verdade etc. A devoção significa sempre a fusão ou absorção no objecto que se venera. A aspiração à verdade é uma forma de devoção. Contudo, a maior devoção é a que aspira ao conhecimento e realização de Deus. Na devoção a Deus realiza-se a alegria divina, e nela está o verdadeiro refúgio ou Tranquilidade.

Adaptação extraída da “Arte de Orar” do Padre Diogo Monteiro.
Livro, "Eterna Sabedoria" , de Maria
   


topo
questões ao autor sugerir imprimir pesquisa
 
 
Flor de Lótus
Copyright © 2004-2014, Fundação Maitreya ® Todos os direitos reservados.
Consulte os Termos de Utilização do Spiritus Site ®